quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Por mais que o céu caia sob nossas cabeças
Ainda que o oceano invada o continente
Mesmo assim eu continuarei aqui
Como a estrela que mais brilha,
à espera de um novo astro
que eu possa iluminar.

E se eu caminhar sobre a terra,
com os pés descalços,
à procura do mar,
deixe que o vento te leve ao meu encontro
Na chuva púrpura vamos nos beijar
e quando o sol se deitar,
nós faremos o mesmo

À espera da lua, como uma confidente do nosso segredo.
Para o resto de nossas vidas, enquanto durar este amor.